Pular para o conteúdo principal

Postagens

Juliette

  Os convites de Juliette Participante do BBB e fenômeno das redes sociais, ela ofereceu algo além de autenticidade. Desconcertante, causou impacto por ser antítese à competição esperada deste jogo. Em um país em ruínas, sua popularidade pode ser inspiradora   OutrasPalavras por Graziela Marcheti Publicado 05/05/2021 às 16:05 - Atualizado 05/05/2021 às 16:16     Crise Brasileira Archives - Outras Palavras Imunizantes só chegaram ao Brasil graças à ciência e instituições públicas, duramente atacadas nos últimos anos. Curvado aos EUA, governo sabotou negociações para adquiri-los e, agora, país amarga a posição de pária mundial e epicentro da “covide”.   Se nos últimos três meses, você conseguiu passar ao largo de qualquer comentário sobre Big Brother Brasil 21, certamente não vai conseguir passar muito mais tempo sem ouvir falar de Juliette. Imunizantes só chegaram ao Brasil graças à ciência e instituições públicas, duramente atacadas nos últimos anos. Curvado aos
Postagens recentes

Muralhas de Jericó

  Muralhas de Jericó   Josué 6   Encontrando-se Josué perto de Jericó, levantou os olhos e viu um homem que se achava diante dele, com uma espada desembainhada na mão. Josué aproximou-se dele e disse: “És tu dos nossos ou dos nossos inimigos?” Ele respondeu: “Não! Mas sou do exército de Iahweh e acabo de chegar.” Josué prostrou-se com o rosto em terra, adorando-o e disse-lhe: “Que tem a dizer o meu Senhor a seu servo?” O chefe do exército de Iahweh respondeu a Josué: “Descalça as sandálias dos teus pés, porque o lugar em que pisas é santo.” E assim fez Josué. 6 Tomada de Jericó – Ora, Jericó estava fechada e trancada com ferrolhos (contra os filhos de Israel): ninguém podia sair nem entrar. Iahweh disse então a Josué: “Vê! Entrego nas tuas mãos Jericó, o seu rei e os seus homens de guerra. Vós, todos os combatentes, daí volta ao redor da cidade (cercando-a uma vez; e assim fareis durante seis dias). Sete sacerdotes levarão diante da Arca sete trombetas de chifre de carneir

Quando o amor acontece (João Bosco)

 

Caminhar, atitude anticapitalista

Num tempo irrefletido, percorrer as ruas sem pressa ou objetivo utilitário é resistência real. Nega o produzir sem cessar. Reivindica a cidade-espaço público. E reintroduz o pensar-olhar; o abrir-se ao mundo sem a mediação dos mercados OUTRAS PALAVRAS PÓS-CAPITALISMO por  Carlos Madrid Publicado 24/11/2020 às 20:49 - Atualizado 27/11/2020 às 19:19 Por  Carlos Madrid , em   El Salto   | Tradução:  Antonio Martins  | Imagem:  Cristiano Mascaro No livro  Alice no País das Maravilhas,  há um momento em que o Gato Risonho dá um conselho a Alice para poder sair da toca: “Sempre chegarás a alguma parte se caminhas o suficiente”. É uma frase que podemos, os sobreviventes deste século XXI, recolher e retorcer, até tirar dela novos significados. Porque caminhar pode servir para chegar ao lugar desejado, mas também – um exercício que se abandona cada vez mais – para nos reconhecer no espaço que habitamos. Para pensar. Sobre esta segunda concepção, são muitos os pensadores e pensadores que dedicam

Pandemia ou sindemia?

 

Política Neoliberal e os direitos do Trabalho no Brasil

Crises escancaram os limites do capitalismo: atacar salários reduz também o consumo, a produção e os lucros. Mas desde os anos 1970, sistema gira nesta espiral rumo ao fundo do poço. E nada indica que encontrará uma saída OUTRAS PALAVRAS CRISE BRASILEIRA por  José Álvaro de Lima Cardoso Publicado 20/10/2020 às 15:44 - Atualizado 20/10/2020 às 16:23 Desde a grande crise econômica mundial, em meados da década de 1970, os direitos vêm sendo atacados no mundo todo, praticamente sem trégua. Este é um processo mundial, que assume feições específicas em cada país. No Brasil os ataques começaram já na ditadura militar e se arrastaram por quase todos os governos posteriores. Mas o processo se intensificou muito a partir do golpe de 2016, com a destruição em escala industrial dos direitos sociais e trabalhistas, uma das marcas registradas do processo. Em 1974 o capitalismo mundial entrou em profunda crise, encerrando o chamado “período de ouro” do capitalismo, de quase 30 anos, que significou cr

O diploma de engenharia como excludente de ilicitude

Em dois casos recentes, o retrato da elite brasileira: após mostrar os dentes, covardemente tenta se safar de punições, agarrando-se a seus privilégios. O que essas “carteiradas” revelam sobre o fenômeno do bacharelismo e nosso Código Penal? OUTRAS PALAVRAS DIREITA ASSANHADA po r  Paulo Schwartzman Publicado 16/11/2020 às 15:02 - Atualizado 16/11/2020 às 15:15 Por  Paulo Schwartzman  | Imagem:  Jack Levine ,  The Reluctant Ploughshare (1946) Não é a primeira vez que, nesse ano, temos mais uma demonstração do asco da “elite brasileira”. Depois do primeiro capítulo da saga “Cidadão não, engenheiro civil, formado, melhor do que você.” (ver mais detalhes  aqui  e  aqui ), temos agora o mais novo episódio das trapalhadas da classe AB de Pindorama. Estou referindo-me ao episódio ocorrido em Pirenópolis (GO) que pode ser melhor compreendido lendo-se a seguinte  notícia . Para aqueles que estão sem tempo, aí vai um resumo: um casal, formado por uma médica e um engenheiro, foi detido após ameaç